Últimas Notícias
Apostas: Tonali, atleta do Newcastle, é banido do futebol por 10 meses

O meio-campista italiano Sandro Tonali, do Newcastle United, foi banido do futebol por 10 meses devido a violações das regras de apostas em jogos na Itália, informou a Federação Italiana de Futebol (FIGC) nesta quinta-feira (26).

O meio-campista da Itália, que se juntou ao Newcastle vindo do Milan este ano, também deve participar de sessões de tratamento para jogadores com problemas e dar uma série de palestras sobre sua experiência durante um período adicional de oito meses, como parte de um acordo com a FIGC.

O acordo de delação premiada, que tem validade internacional, foi anunciado pelo presidente da FIGC, Gabriele Gravina. Ele excluirá Tonali do restante da temporada do clube inglês e da Euro 2024 do próximo ano, caso a Itália se classifique.

Tonali, de 23 anos, é o jogador de maior destaque envolvido em um escândalo de apostas que está abalando o futebol italiano. Seu agente disse que ele sofre de vício em jogos de azar.

O meio-campista se juntou ao Newcastle oriundo do Milan em julho por 70 milhões de euros, uma quantia recorde para um jogador italiano.

O Newcastle não fez nenhum comentário imediato. Tonali atuou como substituto durante a derrota em casa do time inglês na Liga dos Campeões, por 1 a 0, para o Borussia Dortmund, na noite de quarta-feira (25).

Autoridades jurídicas e esportivas têm investigado o uso de plataformas de apostas ilegais por jogadores de futebol na Itália.

O meio-campista da Juventus Nicolo Fagioli aceitou um banimento de sete meses como parte de um acordo com a FIGC depois de admitir problemas com jogos de azar.

Gravina, da FIGC, defendeu o sistema de acordos usado para lidar com esses casos rapidamente e reduzir as penalidades mais severas que poderiam ter sido aplicadas.

“As regras estabelecem um certo número de anos de sanções, a negociação de confissão de culpa é permitida, assim como as circunstâncias atenuantes”, disse ele a repórteres. “Os rapazes têm sido incrivelmente cooperativos, portanto, continuamos a seguir as regras conforme elas são estabelecidas”.

O meio-campista italiano Nicolo Zaniolo, do Aston Villa, também está ajudando as autoridades em uma investigação sobre supostas atividades de apostas ilegais, informou o clube da Premier League na semana passada.

Zaniolo e Tonali deixaram a seleção da Itália antes dos jogos pelas eliminatórias da Euro 2024 neste mês, depois que promotores de Turim os informaram sobre seu envolvimento em uma investigação.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.

, Elvira Pollina*

Fonte: Agencia Brasil