Últimas Notícias
Brasil perde para Itália na abertura da 3ª semana da Liga das Nações

A terça-feira (4) não foi boa para a seleção brasileira masculina de vôlei na Liga das Nações. Após vencerem o primeiro set contra a Itália, os brasileiros levaram a virada e perderam por 3 sets a 1 ((25/23, 20/25, 15/25 e 21/25) na partida de abertura da terceira e última rodada classificatória, em Passay City (Filipinas). A seleção folga nesta quarta (5) e volta a competir à meia-noite (horário de Brasília) de quinta (6) contra a Holanda.

Apesar do revés – o terceiro do país na competição –  a equipe comandada pelo técnico Renan Dal Zotto segue em terceiro lugar na classificação geral (6 pontos), atrás dos Estados Unidos (7) em segundo lugar, e do invicto Japão (9), líder do torneio. Os primeiro oito colocados ao final desta fase , que termina no próximo domingo (9), se classificam às oitavas de final. Além disso, os jogos da Liga também somam pontos para o o ranking mundial da Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em inglês), um dos parâmetros na corrida por vaga olímpica aos Jogos de Paris 2024. 

“A gente queria demais essa vitória, mas acho que hoje a gente não conseguiu jogar no nível que vinha jogando, sem tirar o mérito da seleção italiana que, a partir da metade do segundo set, começou a impor um saque bastante pesado e errando pouco. Todos se dedicaram ao máximo, mas a gente não conseguiu colocar nosso melhor em quadra. Agora temos que pensar no próximo jogo, porque nesse campeonato não dá para ficar remoendo. É focar na Holanda e ver o que vamos fazer de diferente”, analisou Dal Zotto, em depoimento à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Os dois melhores jogadores em quadra foram o oposto Romanò e o ponteio Michieletto, ambos da Itália, que acertaram respectivamente, 20 e 17 pontos. Já do lado brasileiros os destaques foram os ponteiros Honorato (15 pontos) e Lucarelli (11).  

“Acho que o time italiano jogou muito bem, nos pressionou muito no saque e fez um jogo com pouquíssimos erros. E o nosso time também não estava em um dia tão bom. Mas faz parte do processo. É seguir trabalhando, acreditando no que a gente tem feito no dia a dia, que tenho certeza de que a gente vai colher os frutos.Temos que virar a página e concentrar na Holanda, que vai ser um jogo duríssimo”, projetou Honorato, de 26 anos.

Formato da competição

A Liga das Nações reúne as 16 seleções mais bem ranqueadas pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em inglês). A primeira fase classificatória – três semanas de jogos – teve início em 6 de junho e vai até domingo (9).  Cada equipe disputa 12 partidas (quatro por semana em sedes diferentes). Ao final, as oito melhores avançam às quartas de final, sendo que a Polônia já tem a classificação garantida por sedia a fase final da Liga das Nações. 

Programação

Terceira rodada (fase classificatória) – Passay City (Filipinas)

06/07 (quinta-feira) – 0h – Brasil x Holanda

07/07 (sexta-feira) – 0h – Brasil x Polônia

08/07 – (sábado) – 0h – Brasil x China

Fase eliminatória (quartas de final em diante) – Polônia

De 19 a 23 de  julho

, Agência Brasil

Fonte: Agencia Brasil