Últimas Notícias
Defesa Civil inicia nova turma de voluntários


Defesa Civil inicia nova turma de voluntários

Participantes recebem orientações para casos de desastres naturais

Com o objetivo de formar agentes multiplicadores capazes de identificar as ameaças naturais, que saibam agir com eficiência nos períodos de desastres e dar suporte em ações de prevenção, a Defesa Civil da Prefeitura de São Gonçalo deu início a mais uma turma do Curso de Voluntários, na manhã desta terça-feira (23).

A aula inaugural, que aconteceu no auditório do Sest/Senat, no bairro Tribobó, foi iniciada pelo subsecretário de Defesa Civil, Major Felipe Assumpção, que falou sobre noções da Defesa Civil. Em seguida, o coordenador de Cursos e Projetos da Defesa Civil de São Gonçalo, José Carlos Bastos, palestrou sobre prevenção de acidentes domésticos.

“O Curso de Voluntários é para que as pessoas não aprendam apenas como agir em momentos de desastre, mas também na prevenção. São Gonçalo é um município muito grande que precisa de voluntários que sejam parceiros da Defesa Civil. Nossa ideia é que todos os cidadãos da cidade se tornem voluntários”, disse o Major Felipe Assumpção.

Guardas municipais de São Gonçalo também participaram da aula inaugural com palestra sobre noções de trânsito e comunicação durante chuvas e alagamentos.

Após almoço, os participantes tiveram aula sobre direitos e deveres do voluntário (legalidade, legitimidade e comportamento), com Thais de Moraes, que é técnica da Defesa Civil, e sobre meteorologia (canais para acompanhamento), com a meteorologista Ana Beatriz de Souza.

As aulas seguem até a próxima segunda-feira (29), no Partage Shopping, das 9h às 15h, com temas sobre noções de hidrologia, redução de risco de desastre, noções sobre o meio ambiente, Psicologia em situações de desastre, assistência e relações humanas em situações de desastre, endemias, riscos biológicos e não-biológicos, comunicação e uso de rádio amador, noções de sociologia do desastre, primeiros socorros (teoria e prática), noções de Geologia para avaliação de encosta, análise jurídica em cenário de desastre, prevenção e combate a incêndio (teoria), noções de evacuação e escape e um simulado no terreno com cenário de resgate de vítima ferida.

No último dia da capacitação, os futuros voluntários vão receber os certificados de conclusão de curso.

Um dos participantes do curso é Matheus Gradella, de 33 anos, morador do bairro Parada 40, que trabalha como instrutor de primeiros socorros na Cruz Vermelha. Ele se inscreveu no Curso de Voluntários com a ideia de ampliar seus conhecimentos.

“Um dos lemas da Cruz Vermelha é dar de si sem pensar em si. Sinto que devemos pensar não apenas na nossa segurança como em toda a sociedade, por isso meu desejo é de adquirir mais conhecimento para saber como agir em momentos de desastre. E acredito que ser voluntário da Defesa Civil é de grande responsabilidade”, disse Matheus.





Link Original