Últimas Notícias
EUA ordenam que funcionários do governo e familiares deixem o Haiti

O Departamento de Estado dos Estados Unidos ordenou na quinta-feira (27) que funcionários do governo que não sejam essenciais e seus familiares deixem o Haiti o mais rápido possível, citando “sequestros, crimes, distúrbios civis e infraestrutura de saúde precária”.

O órgão disse que os cidadãos norte-americanos que não trabalham para o governo também devem deixar o Haiti o mais rápido possível “por meio de transporte comercial ou outras opções de transporte privado disponíveis”.

“O sequestro é generalizado, e as vítimas incluem regularmente cidadãos americanos. Os sequestradores podem usar um planejamento sofisticado ou tirar proveito de oportunidades não planejadas, e até mesmo comboios foram atacados”, disse o Departamento de Estado em um aviso de viagem.

O Haiti tem lutado para conter a violência e o caos, já que as gangues fortemente armadas conduzem uma crise humanitária que desabrigou dezenas de milhares de pessoas em meio a frequentes sequestros com pedidos de resgate, estupros realizados por gangues, torturas e assassinatos.

O país caribenho não elegeu um novo líder desde que o presidente Jovenel Moise foi assassinado em 7 de julho de 2021.

*É proibida a reprodução deste conteúdo

, Dan Whitcomb – Repórter da Reuters

Fonte: Agencia Brasil