Últimas Notícias
Jamaica bate Panamá por 1 a 0 e complica Brasil na Copa do Mundo

A última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo da Austrália e da Nova Zelândia será dramática para a seleção brasileira. A Jamaica derrotou o Panamá por 1 a 0, neste sábado (29), em Perth (Austrália), e agora precisa apenas de um empate para ficar com uma das duas vagas do Grupo F nas oitavas de final. Assim como a França, as jamaicanas somam quatro pontos. O Brasil, com três, pode se classificar com um empate também, desde que o Panamá (já eliminado, sem pontos) consiga uma improvável vitória diante da seleção europeia. Um triunfo brasileiro diante da Jamaica, no entanto, garante a classificação para a seleção de Pia Sundhage independente do que acontecer na outra partida do grupo. A rodada final será às 7h (horário de Brasília) da próxima quarta-feira  (2) e o encontro entre brasileiras e jamaicanas acontecerá em Melbourne (Austrália).

Apenas em sua segunda participação em Mundiais, a Jamaica vai fazendo história. Diante da França, somou seu primeiro ponto em jogos de Copa e neste sábado (29) conquistou sua primeira vitória. O jogo contra o Panamá foi morno, sem grandes chances para os dois lados. Sem sua principal jogadora (a atacante Khadija Shaw, expulsa na estreia), a Jamaica teve dificuldades e conseguiu o gol da vitória em um lance de bola parada.

Aos 11 minutos da segunda etapa, após escanteio cobrado pela esquerda, a capitão Allyson Swaby apareceu para completar de cabeça e colocar a bola no canto esquerdo do gol defendido por Bailey. No fim do jogo, chegou a ser marcado pênalti para a seleção caribenha por toque de mão de Katherine Castilho dentro da área, mas a arbitragem voltou atrás por considerar que a jogadora apenas fez um gesto de proteção ao rosto.

Agora, a Jamaica chega confiante e com sua melhor jogadora de volta para encarar o Brasil na rodada decisiva do grupo.

Suécia se classifica com goleada sobre a Itália no Grupo G

No duelo que abriu os confrontos deste sábado (29), a Suécia se impôs sem dificuldades diante da Itália, por 5 a 0, em Wellington, capital da Nova Zelândia, em partida válida pelo Grupo G. O resultado confirmou a classificação das suecas às oitavas, já que, com seis pontos, não podem mais ser alcançadas por Argentina e África do Sul, que têm um ponto cada. A Itália tem três.

O confronto europeu foi definido na reta final da primeira etapa, quando a Suécia marcou três vezes, entre os 39 e os 46 minutos. Os dois primeiros gols foram em jogadas bastante parecidas: escanteio cobrado pela direita e saída equivocada da goleira italiana Francesca Durante. Ilestedt e Rolfo se aproveitaram para marcar. Blackstenius fez o terceiro logo na sequência.

No segundo tempo, o roteiro praticamente se repetiu no quarto gol. Escanteio cobrado pela direita na primeira trave, mas desta vez Durante preferiu não sair do gol. Ilestedt, de novo, marcou de cabeça. A goleada foi encerrada com um belo gol de Blomqvist nos acréscimos, após passar com estilo por uma adversária e tocar na saída de Durante.

Na última rodada da chave, na quarta (2), a já classificada Suécia mede forças com a Argentina, em Hamilton (Nova Zelândia), enquanto Itália e África do Sul jogam na capital neozelandesa.

, Igor Santos – Repórter da EBC

Fonte: Agencia Brasil