Últimas Notícias
Obras de macrodrenagem nos bairros Mutuaguaçu, Mutuá e Porto do Rosa


Obras de macrodrenagem nos bairros Mutuaguaçu, Mutuá e Porto do Rosa

Investimento é de mais de R$ 38 milhões e vai beneficiar mais de 10 mil gonçalenses

As obras de infraestrutura, que incluem macrodrenagem e pavimentação, que estão sendo feitas nos bairros Mutuaguaçu, Mutuá e Porto do Rosa estão avançando. Manilhas para rede de águas pluviais estão sendo instaladas na Rua Ricardo Jorge para que depois ocorra a pavimentação, assim como vem sendo feito também na Rua Guimarães Passos. O investimento total nas intervenções é de mais de R$ 38 milhões e vai beneficiar mais de 10 mil gonçalenses, entre moradores e pessoas que circulam pela região.

O prefeito Capitão Nelson explicou que a obra busca atender uma demanda antiga da população. “Eu prometi e agora estou vindo cumprir. Nessa gestão, tenho buscado ouvir e atender os gonçalenses. Eu trabalho para que todos os munícipes consigam ter cada vez mais qualidade de vida. Aqui nos bairros, há muitos locais que alagam e vamos eliminar isso com essas obras”, afirmou.

O gerente de posto de gasolina Marcos de Lemos, de 57 anos, é morador de uma das ruas que receberá as intervenções e está esperançoso com as obras. “Aqui, o asfalto que temos nem é asfalto de fato. É concreto. As ruas aqui alagam e já entrou água até no meu quintal, com a água chegando ao meu joelho durante as chuvas. Espero que essa obra de fato melhore. Se isso ocorrer, vai ser ótimo para nós! É uma coisa que ninguém fez por nós até então. Sempre pedimos, mas nunca atuaram aqui. Estamos animados com essas intervenções”, afirmou.

O pacote de obras inclui macro e microdrenagem de águas pluviais, pavimentação, meios-fios, passeios e sinalização viária horizontal e vertical em 14 ruas dos bairros. Os logradouros que receberão as intervenções são Avenida Paula Lemos (parte), e ruas General Canrobert, Professor Altivo (parte), Padre Nicolau Luís, Libório Viana, Álvaro Costa, David Alves, Ismael Passos, Custódio Duarte, Capitão Crisanto Bastos, Ricardo Jorge, Guimarães Passos, Diogo Pereira e uma via sem nome.

As intervenções integram o eixo Cidade Bem Cuidada e Organizada do Plano Estratégico Novos Rumos, elaborado pela Secretaria de Gestão Integrada e Projetos Especiais (Semgipe), para definir as prioridades para a utilização dos recursos oriundos do leilão de concessão dos serviços da Cedae e de emendas parlamentares.

As obras irão garantir melhorias na qualidade de vida, acessibilidade, condições de higiene e segurança para a toda a região, já que o pacote de macrodrenagem e drenagem irá garantir o escoamento das águas das chuvas dos três bairros, combatendo os alagamentos crônicos. Vale lembrar que esta é a continuação de uma obra que estava abandonada há mais de 10 anos na região.

Ao todo, as intervenções irão englobar mais de 3,8 quilômetros de extensão. O prazo de duração é de 12 meses.





Link Original