Últimas Notícias
Prefeitura de Niterói climatiza mais de 70% da Rede Municipal de Educação – Prefeitura Municipal de Niterói


O ano letivo de 2024 começou de forma diferente para a Rede Municipal de Educação de Niterói. Diante da onda de calor que atinge o país, com temperaturas consideradas elevadas, a Fundação Municipal de Educação está investindo na climatização das salas de aula. Das 94 unidades que integram a Rede, mais de 70% são climatizadas, sendo 53% somente do ano passado até agora. 

Em 2023, a Educação de Niterói adquiriu cerca de mil aparelhos de ar condicionado para renovar a climatização das escolas. Desse total, 600 já foram instalados. O programa de climatização foi iniciado pelas unidades que não tinham nenhum aparelho. Durante as férias, as instalações foram intensificadas. A previsão é que esta fase seja concluída entre o fim de março e o início de abril.

“Desde que assumi como presidente e secretário de Educação, coloquei a climatização como uma das prioridades. Vivemos um tempo de fortes mudanças climáticas e Niterói está fazendo a sua parte, contribuindo com a discussão e implementando medidas para minimizar os impactos. Mas é essencial oferecer um ambiente climatizado nas escolas, dando as condições necessárias para que as crianças aprendam. Por isso, tivemos como critério o início nas unidades que não tinham nenhum aparelho e já observamos esse cenário mudar”, explicou o secretário Municipal de Educação e presidente da Fundação Municipal de Educação (FME) de Niterói, Bira Marques.

Além da aquisição e instalação dos aparelhos, o processo também passa por mudanças na rede elétrica. Desde 2020, 21 unidades dependiam do aumento de carga. Através de negociações com a concessionária de energia responsável, 20 escolas já tiveram o serviço concluído.

“No ano passado, abrimos uma mesa de negociação com a Enel para acelerar a realização dos serviços, que estavam pendentes desde 2020. Conseguimos acelerar esse processo e foi realizado o aumento de carga em 20 unidades, restando apenas uma, que já está agendada para a próxima semana. Foi um passo importante para permitir a climatização das escolas que, historicamente, não tinham nenhum aparelho”, disse o superintendente de Obras e Manutenção da FME, Ricardo Grieco.

Outra ação importante que está sendo desenvolvida é o PROCozinha (Programa de Reestruturação e Organização das Cozinhas Escolares), com a instalação dos aparelhos nos refeitórios para minimizar o calor e melhorar as condições de trabalho nestes espaços.