Últimas Notícias
Pronto Socorro Infantil de São Gonçalo recebe melhorias


Pronto Socorro Infantil de São Gonçalo recebe melhorias

Toda a unidade está passando por obras de revitalização    

 A animação dos desenhos infantis está por toda parte no Pronto Socorro Infantil Darcy Vargas (PSI), no Zé Garoto. O ambiente colorido e alegre é mais uma forma de humanizar os atendimentos na rede pública de urgência e emergência. Apesar das pinturas chamarem muita atenção, as mudanças na unidade de saúde vão além. O hospital está passando por revitalização geral nos dois andares. 

    Todo o primeiro andar já foi revitalizado. Desde a entrada na unidade já se pode ver as mudanças. A recepção do primeiro atendimento recebeu banheiro adaptado para pessoas com deficiência e duas salas de triagem. No primeiro andar, todas as salas foram pintadas e estão decoradas com desenhos, proporcionando maior bem estar às crianças em todos os ambientes. 

    Consultórios, sala de raio-x, sala de medicações, postos de enfermagem, salas vermelha e amarela, sala de apoio, área de nebulização e posto de coleta de sangue foram reformados, pintados, tiveram os pisos trocados e foram climatizados. Ainda na questão estrutural – a partir do próximo mês – o novo setor de unidade intermediária de tratamento passa a funcionar no segundo pavimento. 

    O setor vai auxiliar nas internações de média complexidade. “As obras da UI estão sendo concluídas para as crianças que precisam de internação vigiada, mas não necessitam de internação em uma unidade de tratamento intensivo (UTI). Neste período do ano, há um aumento das internações por conta das doenças respiratórias”, explicou a subsecretária de Urgência e Emergência, Dr. Bianca Serour.

     As quatro enfermarias já foram pintadas e também já receberam os desenhos realizados através do projeto Cidade Ilustrada, desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de São Gonçalo.

O Centro de Tratamento Intensivo também passará por melhorias. As mudanças obedecem as adequações gerais e de acessibilidade conforme as normas da Anvisa: a RDC 50, que diz respeito aos ambientes; e a NBR 9050, sobre acessibilidade.      

    “Sou pediatra e trabalhei boa parte da minha carreira neste hospital. Sei de todas as necessidades dos profissionais e, agora, como secretário, estou tendo oportunidade de resolver. Estamos melhorando os atendimentos para as crianças, mas também para todos os funcionários. A humanização no governo do Capitão Nelson é para todos”, disse o secretário de Saúde, Dr. Gleison Rocha.  

    Apesar da revitalização, o PSI continua funcionando normalmente durante 24h, todos os dias, para as emergências pediátricas. Por este motivo, a reforma está sendo realizada por etapas. A unidade realiza uma média de 300 atendimentos por dia. 





Link Original