Últimas Notícias
Brasileiro Feminino: quatro equipes se garantem na 1ª divisão de 2024

Os quatro novos integrantes da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino em 2024 foram conhecidos neste domingo (11). Botafogo, Fluminense, América-MG e Red Bull Bragantino venceram os respectivos confrontos pelas quartas de final da Série A2 (segunda divisão) e garantiram acesso à elite na próxima temporada.

Após empate sem gols na primeira partida, no Estádio Carlos Zamith, em Manaus, o Botafogo recebeu o 3B da Amazônia no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e goleou por 7 a 1. Kelen, com três gols, foi a protagonista das Gloriosas. As também atacantes Drika e Kamilla, a meia Driely e a lateral Chaiane foram as demais a balançarem as redes para as alvinegras, que voltam à elite após o rebaixamento em 2021. A zagueira Emilly descontou para o time amazonense.

No Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara (AM), JC e Fluminense se enfrentaram depois de não saírem do zero nas Laranjeiras, no Rio de Janeiro, na semana passada. O duelo no interior amazonense também terminou sem gols e foi decidido somente nas penalidades. Melhor para as cariocas, que venceram por 4 a 3, com a atacante Bea convertendo a cobrança decisiva. As Tricolores disputarão a elite pela primeira vez.

O América encarou o Fortaleza no Centro de Treinamento Ribamar Bezerra, em Maracanaú (CE), com a vantagem de ter vencido por 2 a 1 no Sesc Alterosas, em Belo Horizonte, no fim de semana anterior. Mesmo fora de casa, as Spartanas ganharam de novo: 2 a 0, com gols da meia Silvani e da atacante Letícia. As mineiras não disputam a primeira divisão desde 2016.

11/06/2023 -  Brasileiro Feminino: quatro equipes se garantem na 1ª divisão de 2024. Foto: Fernando Roberto/Red Bull Bragantino

Red Bull Bragantino foi um dos times garantidos na elite do futebol em 2024. Foto: Fernando Roberto/Red Bull Bragantino

O Bragantino foi a campo com a situação mais tranquila, já que havia goleado a União Desportiva Alagoana (UDA) por 7 a 1 no duelo de ida, há uma semana, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. No Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), o Massa Bruta venceu por 5 a 2. Luana (duas vezes), Letícia Monteiro, Júlia Beatriz e Paulina Gramaglia marcaram para o time da casa. A também atacante Karol fez os gols da UDA. As paulistas retornam à Série A1 uma temporada após terem sido rebaixadas.

Nas semifinais, o Botafogo terá pela frente o clássico com o Fluminense, enquanto América e Bragantino fazem o outro confronto. As partidas de ida estão previstas para o próximo fim de semana (17 e 18) e as de volta para os dias 24 e 25. As datas e horários ainda serão confirmados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Primeira divisão

A primeira fase da Série A1 de 2023 chega ao fim nesta segunda-feira (12), com os oito jogos começando às 15h (horário de Brasília). Com seis times garantidos nas quartas de final e três já rebaixados à Série A2, a 15ª rodada definirá os dois últimos classificados para o mata-mata e o clube que fará companhia a Ceará, Real Ariquemes e Athletico-PR na segunda divisão de 2024.

A briga pelos dois lugares restantes às quartas movimenta São Paulo (sétimo colocado, 22 pontos), Cruzeiro (oitavo, 21 pontos), Grêmio (nono, 19 pontos) e Avaí/Kindermann (décimo, 19 pontos). As paulistas terão um confronto direto com as gaúchas no Centro de Treinamento Hélio Dourado, em Eldorado do Sul (RS). As mineiras encaram o Real Brasília no Defelê, na capital federal. Já as catarinenses enfrentam a classificada Ferroviária no Estádio Hudson Ferreira, em Matão (SP).

Na parte de baixo da tabela, o risco de queda ainda ameaça Bahia (13º lugar, 13 pontos), Atlético-MG (12º, 15 pontos) e Real Brasília (11º, 16 pontos). As Mulheres de Aço, que abrem a zona de rebaixamento, precisam vencer o líder Corinthians no Estádio de Pituaçu, em Salvador, e torcer pelos tropeços dos rivais. O time mineiro pega o lanterna Ceará, na Cidade Vozão, em Itaitinga (CE). As brasilienses escapam da Série A2 com um simples empate diante do Cruzeiro.

As quartas de final do Brasileiro estão previstas para começar na próxima semana, com os jogos de ida entre sexta-feira (16) e a outra segunda-feira (19). As partidas de volta serão realizadas entre os dias 23 e 26 deste mês. As semifinais estão agendadas para depois da Copa do Mundo de Futebol Feminino, que começa em 20 de julho.

Terceira divisão

Neste fim de semana, foram definidos os finalistas da Série A3 (terceira divisão) do Brasileirão Feminino. No sábado (10), o Mixto voltou a derrotar o Juventude por 2 a 0, agora na Arena Pantanal, em Cuiabá, assegurando lugar na decisão. O adversário das mato-grossenses será o Remo, que recebeu o VF4 neste domingo na outra semifinal e ganhou por 3 a 0 no Baenão, em Belém. As paraenses haviam perdido o primeiro jogo por 2 a 0, há uma semana, no Almeidão, em João Pessoa.

As datas das partidas entre Mixto e Remo ainda serão anunciadas pela CBF. A princípio, os jogos estão previstos para os dois próximos sábados (17 e 26 de junho). Ambos os times – além de Juventude e VF4 – estão assegurados na Série A2 do ano que vem, substituindo os rebaixados Esmac-PA, Botafogo-PB, Vila Nova e Cresspom.

, Lincoln Chaves – Repórter da EBC

Fonte: Agencia Brasil