Últimas Notícias
México registra 27 mortos pelo furacão Otis e contabiliza prejuízos

Pelo menos 27 pessoas morreram em decorrência do furacão Otis e outras quatro ainda estavam desaparecidas, informou o governo do México nesta quinta-feira (26), depois que uma das tempestades mais poderosas que já atingiu o país se abateu sobre o resort de praia de Acapulco, no Pacífico, na madrugada do dia anterior.

O presidente Andrés Manuel López Obrador disse que o governo estava trabalhando para restabelecer a energia e limpar a devastação causada pelo furacão de categoria 5 que atingiu o estado de Guerrero, no Sul do país, deixando Acapulco incomunicável.

“O que Acapulco sofreu foi realmente desastroso”, disse López Obrador em uma coletiva de imprensa.

Otis inundou ruas, arrancou telhados de casas e hotéis e interrompeu as comunicações, o acesso rodoviário e aéreo.

As quedas do serviço telefônico e das linhas de eletricidade dificultaram a avaliação rápida da extensão dos danos pelas autoridades.

Segundo o Ministério da Defesa, cerca de 8,4 mil membros do Exército, da Força Aérea e da guarda nacional do México foram enviados para Acapulco e arredores para ajudar nos esforços de limpeza.

As aulas foram canceladas para estudantes em todo o estado pelo segundo dia, e a governadora Evelyn Salgado disse nas redes sociais que as autoridades estavam trabalhando para restaurar a eletricidade e reativar as bombas de água potável em Acapulco.

A CFE, empresa estatal de energia elétrica do México, tinha mais de 1,3 mil funcionários trabalhando para restaurar a energia, informou na noite de quarta-feira, quando cerca de 300 mil pessoas continuavam sem eletricidade.

O aeroporto internacional da cidade portuária foi fechado depois que o Otis destruiu a torre de controle, cortou as telecomunicações e deixou as estradas de acesso bloqueadas.

É proibido reproduzir este conteúdo

, Brendan O’Boyle, Lizbeth Diaz e Kylie Madry – repórteres da Agência Brasil

Fonte: Agencia Brasil