Últimas Notícias
Moradores aprovam obras de macrodrenagem no Boaçu


Moradores aprovam obras de macrodrenagem no Boaçu

Intervenções beneficiaram mais de 10 ruas do bairro

As obras de macrodrenagem e drenagem feitas no bairro do Boaçu vêm sendo elogiadas pelos gonçalenses que residem no local. Isso porque, segundo eles, os alagamentos, que eram um problema crônico do bairro, foram resolvidos. As obras do Boaçu, que incluem também pavimentação, foram entregues neste mês de março.

Ao todo, o investimento foi de mais de R$ 12 milhões. O projeto está incluído no eixo Cidade Bem Cuidada e Organizada, do Plano Estratégico Novos Rumos, elaborado pela Secretaria de Gestão Integrada e Projetos Especiais (Semgipe).

As intervenções transformaram mais de 10 ruas do bairro, incluindo a Capitão Acácio, Alfredo Bahiense, Waldemar Pereira Martins, Alberto Santos Lima, Inácio Sarmento, Mendes dos Santos, Salvador do Monte e Alberto Sampaio, dentre outras.

O comerciante Antônio Araújo Santana, de 64 anos, é nascido e criado no bairro e diz que nunca viu as ruas do local sem alagamentos durante as chuvas, mas que isso mudou no último fim de semana, quando choveu e as ruas não alagaram.

“A água da chuva enchia a rua e entrava na casa das pessoas. Ficamos anos sofrendo com isso. Agora, essas obras que foram entregues melhoraram tudo. Com essas chuvas que caíram no último final de semana no município, não alagou aqui não. Graças a Deus”, disse ele.

As obras foram feitas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de São Gonçalo. A resolução dos alagamentos era uma demanda antiga da população do bairro, que finalmente foi atendida. Laura Krugel confirma que a população precisava muito das obras de drenagem no bairro.

“Entrava muita água nas casas da parte baixa dessa rua aqui, a Rua Inácio Sarmento. Não entrava aqui em casa porque a calçada é mais alta. Mas sempre tínhamos esse problema. Agora, o sentimento é de felicidade com esse problema resolvido. Chegamos lá! Infelizmente, meu marido não está vivo para ver isso, que era o sonho dele, mas eu estou”, disse Laura, de 78 anos, que mora no bairro há 57 anos.

O pintor Jorge Antônio Silva, de 58 anos, mora no bairro há 40 anos. Ele disse que, antes das obras entregues neste mês, nunca tinham sido feitas intervenções de drenagem no bairro. “Era difícil até de passar por ali, a gente nem conseguia passar por ali direito, mas depois que o nosso Capitão Nelson melhorou aqui com as obras, nunca mais tivemos esse problema. Nas últimas chuvas, não alagou aqui”, disse.





Link Original