Últimas Notícias


Uma das principais atrações de Niterói, a Ilha da Boa Viagem recebeu, desde a sua reabertura, em setembro deste ano, 2,4 mil visitantes. Marco do Brasil Colônia e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o local teve a capela de Nossa Senhora da Boa Viagem, o fortim e o casarão conhecido como castelo totalmente recuperados pela prefeitura, em obras que duraram um ano e meio e custaram R$ 5,5 milhões. Os agendamentos para visitas à ilha são feitos pela Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), através do site www.visit.niteroi.br.

Em 2024, esse patrimônio da cidade vai ser transformado pela prefeitura no primeiro museu ilha do Brasil: o público poderá mergulhar na história do local e da Baía de Guanabara de maneira interativa. A inauguração do espaço com esse novo conceito é um dos planos para alavancar o setor turístico de Niterói no ano que vem, quando a Neltur também lançará o Observatório de Turismo. 

O projeto começa a funcionar em janeiro no Centro de Atendimento ao Turista (CAT) do Caminho Niemeyer e, no dia a dia, terá como papel atualizar o inventário turístico do município. Para isso, fará uso de novas tecnologias, numa parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF). O objetivo é produzir dados que orientem tanto as decisões sobre políticas públicas quanto as de investimentos do setor privado.  

O observatório servirá como importante instrumento de desenvolvimento econômico e social, como afirma o presidente da Neltur, André Bento. 

“O turismo anualmente apresenta números relevantes para a economia de Niterói. A taxa de ocupação nos meios de hospedagem, ao longo de todo o ano, gira em torno de 70%. Os principais atrativos turísticos são o Museu de Arte Contemporânea (MAC), com uma média de 160 mil visitantes por ano; a Fortaleza de Santa Cruz, com 50 mil; e o Parque da Cidade, com cerca de 300 mil”, diz André Bento, acrescentando que o Mercado Municipal de Niterói, inaugurado em julho, também é hoje um atrativo importante da cidade. 

Apenas no primeiro mês de funcionamento, o Mercado Municipal recebeu 500 mil pessoas. Para 2024, a perspectiva é deter todos os espaços de lojas abertos, cerca de 170 estabelecimentos. E o local vai passar a contar com um Centro de Atendimento ao Turista. O presidente da Neltur destaca ainda as praias da cidade como importantes pontos de visitação. 

“Nos Centros de Atendimento ao Turista da Neltur, nossas equipes atendem uma média de 50 mil visitantes por ano”, informa André Bento, dizendo que a prefeitura trabalha para manter os turistas por mais tempo na cidade. “O foco das ações e do planejamento da Prefeitura de Niterói e da Neltur são de fixar o turista por mais tempo na cidade, oferecendo mais alternativas para a sua viagem. Uma das vocações da cidade é o ecoturismo: há investimentos nos parques e trilhas. Só de trilhas, a cidade tem mais de 40 catalogadas. E há um investimento grande na implantação de parques em Niterói. Hoje, a cidade tem 56% da sua área protegida por unidades de conservação”.

Novos parques 

A primeira parte do Parque Orla de Piratininga (POP) Alfredo Sirkis foi inaugurada em junho e já coleciona premiações. Entre elas, o “Prêmio Cidades Sustentáveis: acelerando a implementação da Agenda 2030”, como o melhor projeto ambiental do País, e o “Prêmio Firjan Sustentabilidade 2023”, na categoria Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos. O POP possui jardins filtrantes que limpam as impurezas das águas pluviais e das três principais bacias hidrográficas que desaguam na Lagoa de Piratininga. 

Em agosto, foi criado o Parque Natural Municipal do Morro do Morcego, em Jurujuba, junto à Baía de Guanabara. O local, já frequentado por trilheiros e praticantes de esportes náuticos, tem grande potencial para ecoturismo. Ele ainda complementa o circuito de visita dos fortes de Niterói. Já o tradicional Parque da Cidade hoje passa por obra de reestruturação do jardim de acesso aos mirantes e recebe investimentos para a implantação das trilhas. A Trilha do Down Hill é considerada pelos praticantes da modalidade a melhor do Rio de Janeiro.