Últimas Notícias
Operação Saúde Azul no CRAS de Vista Alegre


Operação Saúde Azul no CRAS de Vista Alegre

Atividades da campanha Novembro Azul serão oferecidas dia 29

Em alusão à Campanha Novembro Azul, o Núcleo de Educação Permanente em Saúde (Neps) da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São Gonçalo realizará a Operação Saúde Azul, no próximo dia 29, no CRAS de Vista Alegre. Além de atender a população em geral, a partir das 9h, a ação será direcionada para 120 homens que fazem curso de mecânico na unidade.

     A atividade terá orientações para promoção e prevenção de saúde com o Programa Municipal de Atenção Integral à Saúde do Homem. No local, os homens poderão ser encaminhados para os agendamentos de exames preventivos. Além do programa da Saúde do Homem, outros programas e serviços das subsecretarias da Atenção Básica e de Saúde Coletiva estarão disponíveis, assim como agendamentos de consultas e a testagem rápida de sífilis, HIV e hepatite; vacinação contra o coronavírus e gripe e aferição de pressão.

     “Conscientizar a população masculina é o grande desafio do Novembro Azul, tendo em vista a resistência que o homem tem para procurar atendimento médico. A operação vai abordar os homens que fazem curso no CRAS com orientações sobre a importância do exame de toque e do PSA para prevenir o câncer de próstata. Mas todos os moradores também serão bem-vindos. Eles também terão outros serviços à disposição e vamos tirar todas as dúvidas sobre os exames preventivos”, disse a coordenadora do Neps, Aline Serra.

     A Campanha Novembro Azul tem o objetivo de conscientizar os homens sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata, que pode ser detectado através de alteração em um tipo de exame de sangue chamado de PSA (sigla em inglês de Prostate-Specific Antigens, que significa Antígeno Prostático Específico) e do exame de toque.

     O câncer de próstata costuma ser assintomático. Por isso, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco (histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio; raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer e obesidade) ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao médico, uma vez ao ano, para realizar o exame PSA. Os homens que precisam realizar os exames podem procurar qualquer unidade de saúde para marcar e ser atendido pelo médico do posto de saúde.

     Ele realizará o encaminhamento para o exame ou para o médico especialista. Com o encaminhamento e outros documentos necessários, a própria unidade pode inserir o paciente na fila da Central de Regulação, que vai entrar em contato – através do telefone – para avisar sobre a marcação do serviço.

     É necessário que os pacientes mantenham um telefone que funcione e esteja atualizado no cadastro. O contato e endereço do morador também podem ser atualizados em qualquer unidade de saúde. Se houver alguma pendência no pedido, os funcionários das unidades de saúde avisam ao paciente para que regularize a situação. Com qualquer pendência, o paciente não é chamado.





Link Original