Últimas Notícias
PAM Neves amplia capacidade de atendimento


PAM Neves amplia capacidade de atendimento

Unidade realiza cerca de 8 mil consultas por mês

O novo Posto de Atendimento Médico (PAM) de Neves, entregue para a população em julho do ano passado, aumentou a capacidade de atendimento. Com 26 especialidades médicas e técnicas, a unidade se destaca com a oferta de consultas oftalmológicas durante todos os dias da semana nos dois turnos: manhã e tarde.

O PAM, que foi construído do zero pela gestão do prefeito Capitão Nelson, tem dois pavimentos com dez consultórios – quatro no primeiro piso, incluindo um odontológico – e seis no piso superior. 

A nova unidade também ganhou novos serviços – como a oftalmologia e odontologia, realizando uma média de 8 mil consultas e procedimentos por mês. O auxiliar de serviços gerais, Jorge Luiz Glotera da Silva, de 60 anos, procurou o posto para tomar as vacinas contra a gripe e coronavírus. Ele é paciente do PAM Neves desde o antigo prédio.

“Sou atendido no PAM Neves desde quando era a outra unidade. A mudança foi radical, 100%. Agora, está tudo funcionando – da recepção aos médicos. Está tudo excelente. Não tenho o que reclamar. A minha família toda está vindo aqui. O atendimento mudou muito”, disse Jorge Luiz.  

A dona de casa Victória Silva Pinto Pereira de Souza, de 20 anos, levou a pequena Verônica Victória, de 4 meses, para consulta com pediatra pela segunda vez. “O atendimento é muito bom. Também trago a minha filha mais velha de três anos e marquei para vir ao ginecologista. A estrutura e os funcionários são maravilhosos. Muito bom ser recebida desse jeito”, contou a mãe. 

A unidade conta com salas de eletrocardiograma e de ultrassonografia, coleta de exames laboratoriais, curativo, regulação, vacina, almoxarifado, administração, salas de espera nos dois pavimentos e sanitários adaptados. O consultório de oftalmologia é todo equipado para a realização dos exames. A supervisora de vendas Erica Viviane Alcântara de Souza, 39, foi fazer a revisão do grau após dez anos sem fazer o exame. 

“Eu ouvi falar que aqui era muito bom e vim procurar atendimento. Não me arrependi. A unidade está maravilhosa e o atendimento é excelente. Não tenho o que falar. Além do atendimento com a oftalmologista hoje, já passei pelo angiologista e pelo reumatologista. Vou continuar com os meus atendimentos aqui”. 

Como as demais unidades revitalizadas e construídas pela Secretaria de Saúde e Defesa Civil da Prefeitura de São Gonçalo, o PAM segue todas as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que dizem respeito aos ambientes e à acessibilidade. Além dos banheiros adaptados com campainhas de alerta para portadores de deficiência (PCDs), a unidade tem rampas, piso tátil, barras, escadas, elevador e climatização. 

Toda essa adaptação ajudou o funcionário deficiente visual Rogério Alexandre da Silva, de 42 anos. O auxiliar administrativo trabalha para a Prefeitura de São Gonçalo há 18 anos, 16 anos no PAM Neves e disse que nunca teve acessibilidade à sua disposição. “É um governo diferenciado. Principalmente, a atual gestão do posto, que me integrou de fato com as outras pessoas que trabalham aqui. Não fico isolado. Hoje, posso dizer que me sinto em casa”, opinou Rogério. 

O funcionário trabalha remarcando as consultas de pacientes quando há faltas usando um celular com o aplicativo (nvda) – um programa em código aberto que “lê em voz alta” o windows para facilitar a inclusão digital de deficientes visuais. O próximo passo é instalar a plataforma em um computador da unidade. 

“O prédio antigo não tinha mais condição de atender a população. O novo PAM Neves trouxe mais dignidade e qualidade tanto para os pacientes quanto para os funcionários. É uma satisfação muito grande a gente ver o avanço”, destacou o secretário de Saúde Gleison Rocha. 

A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Além das especialidades médicas, o PAM realiza exame preventivo, eletrocardiograma, ultrassonografia e coleta de sangue. Outro serviço oferecido é a comunicação através de um número de whatsapp 21. 97878-0684, por onde os pacientes podem tirar dúvidas e verificar se os exames estão prontos. As consultas e serviços não são marcados por este meio de comunicação. 

Marcações – A maioria das consultas para as unidades de saúde da rede pública de São Gonçalo é marcada através da Central de Regulação da Secretaria de Saúde. Para marcar, o gonçalense pode procurar qualquer unidade de saúde da rede municipal, independente se será atendido naquele local. As unidades inserem os pacientes no sistema da Central de Regulação, que vai entrar em contato – através do telefone – para avisar sobre a marcação do serviço, que será agendado em local que for mais próximo de sua residência. 

É necessário que os pacientes mantenham um telefone que funcione e esteja atualizado no cadastro. O contato e endereço do morador também podem ser atualizados em qualquer unidade de saúde. Se houver alguma pendência no pedido, os funcionários das unidades de saúde avisam ao paciente para que regularize a situação. Com qualquer pendência, o paciente não é chamado.  





Link Original