Últimas Notícias
Prefeitura e polícia lançam banco de dados para recuperar bicicletas furtadas – Prefeitura Municipal de Niterói


Em parceria com a Polícia Militar, a Prefeitura de Niterói acaba de lançar o programa “Bike Segura Niterói”, que vai ajudar ciclistas a recuperarem bicicletas furtadas e apreendidas pelos agentes. Para isso, a Coordenadoria Niterói de Bicicleta criou um banco de dados ligado ao Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), da prefeitura, com os números dos chassis das bikes dos proprietários cadastrados no Bicicletário Arariboia, no Centro de Niterói. 

Através dessas informações, a PM terá mais chance de chegar até os donos de bicicletas encontradas após furto. Como o Cisp funciona 24 horas, os dados poderão ser acessados a qualquer momento pelas forças de segurança. O prefeito Axel Grael explica que qualquer usuário de bicicleta na cidade pode registrar o número de série de sua bike no Bicicletário Arariboia. 

Funcionários do local passaram na última quinta-feira por treinamento com agentes do 12º BPM (Niterói), do programa Segurança Presente e da Guarda Municipal para conseguir identificar o chassi, cuja localização depende do modelo e da marca da bicicleta.    

“O Bike Segura Niterói é uma solução que desenvolvemos para que as pessoas possam no Bicicletário Arariboia fazer o registro do número de série da sua bicicleta. O ciclista que nunca usou o bicicletário tem a possibilidade de ir até lá e fazer o cadastro. E quem já é cadastrado pode apenas acrescentar a informação do chassi. Esse serviço aumenta muito a chance de retorno de uma bicicleta recuperada. Uma dificuldade que a polícia tem quando apreende uma bicicleta furtada é a de encontrar o proprietário”, afirma Axel Grael.  

O secretário municipal de Ordem Pública, Paulo Henrique Azevedo de Moraes, diz que o programa será também um importante instrumento de combate a grupos criminosos especializados em furto de bicicletas. 

“Nossa preocupação com o furto de bicicletas é na cidade inteira. E, com esse banco de dados, a polícia pode conseguir prender esses criminosos especializados. Na maioria dos casos, não se trata de furto de oportunidade: estamos falando de pessoas preparadas, que sabem como romper correntes e cadeados”, conta o secretário.

Comandante do 12º BPM, o tenente-coronel Aristheu Lopes acrescenta: 

“Quando hoje apreendemos uma bicicleta com alguém em atitude suspeita, geralmente essa pessoa não é enquadrada em crime e acaba sendo liberada. Isso porque não há registro nem contato com a vítima do furto”. 

Coordenador do Niterói de Bicicleta, Filipe Simões pede para a população que, em prol da segurança de suas bikes, utilize o Bicicletário Arariboia e os paraciclos espalhados pela cidade. E que, em caso de furto, faça o Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil. 

“Só agora em dezembro instalamos 300 paraciclos, com mais de 600 vagas, que são ideais para se prender a bicicleta. Neles, os ciclistas encontram instruções de como trancar a bicicleta de forma segura”, diz Filipe Simões. 

O Bicicletário Arariboia conta atualmente com um cadastro de 17 mil usuários e 11,8 mil bicicletas.

Confira dicas do Niterói de Bicicleta:

  • Invista em tranca de boa qualidade. Dê preferência para as chamadas “U-Locks” e utilize trancas de cabo de aço como complemento à rígida
  •  Quando for trancar a bicicleta, verifique se o poste ou paraciclo está firme no chão e dê preferência a locais movimentados 
  • Tranque o máximo de partes da bicicleta possível
  • Muitas bikes possuem sistema de engate rápido nas rodas e canote. Se for o caso da sua, não se esqueça de trancar essas partes junto ao quadro e paraciclo, usando mais de uma tranca se necessário
  •  Não se esqueça de ter registros da bike. Fotografe as características únicas dela e o número de chassi
  • Faça o seu cadastro no Bicicletário Arariboia, que fica ao lado da Estação das Barcas. Basta apresentar documento com foto e estar com a bicicleta que será registrada. É possível ter mais de uma bicicleta cadastrada por CPF. O equipamento funciona de segunda à sexta, das 6h às 23h, e aos sábados de 7h às 18h.