Últimas Notícias
Prefeitura inaugura primeira Nave Satélite na cidade do Rio – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro


As Naves Satélites vão incentivar a capacitação digital, científica e tecnológica da população – Beth Santos/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia (SMCT), inaugurou, nesta terça-feira (7/11), a primeira Nave Satélite da cidade. Localizado no Ciep Dr. Nelson Hungria, em Paciência, na Zona Oeste, o equipamento cria espaços de inclusão digital, inovação tecnológica e acesso à internet para a população. A unidade também vai gerar qualificação de jovens e adultos em tecnologias da informação, com cursos, oficinas e workshops gratuitos para integração com o mercado de trabalho.

Com as Naves Satélites, a SMCT busca a capilarização de espaços multiuso e interativos para acelerar e incentivar a capacitação digital, científica e tecnológica da população do município do Rio. As novas Naves Satélites expandem para outras regiões os conteúdos e atividades que as Naves do Conhecimento já oferecem com sucesso. A expectativa é que a Nave Satélite atenda cerca de 450 pessoas por mês. Também está prevista a implantação de mais duas unidades na Zona Oeste ainda este ano.

– Esse projeto é importante porque ele amplia as Naves do Conhecimento. Nós precisamos levar a tecnologia para perto das casas das pessoas. Para isso, criamos esse projeto das Naves Satélites. São naves menores, aproveitando a estrutura das bibliotecas dos Cieps. Com naves menores, poderemos espalhar mais unidades pela cidade, fazendo com que as pessoas tenham cada vez mais acesso à tecnologia. Afinal de contas, a tecnologia está mudando o mundo, então precisamos facilitar e democratizar o acesso de todos – disse a secretária de Ciência e Tecnologia, Tatiana Roque.

O projeto Naves Satélites contempla a reforma das bibliotecas originalmente edificadas em anexo aos prédios principais dos Cieps e, com o apoio da Secretaria de Educação, cria ambientes com recursos que possibilitam a públicos diversos acessar e aprender a utilizar as ferramentas de mídias digitais.

Inicialmente, estarão disponíveis os cursos Aprendendo a Mexer no WhatsApp, Excel Básico e Informática para o Primeiro Emprego. Duas oficinas também serão oferecidas aos usuários da unidade: Como Não Cair em Golpes na Internet e WhatsApp para seu Negócio. As atividades dão direito a certificado para os alunos participantes.

A Nave Satélite vai atender o público em geral, de segunda a sexta, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 14h. O local tem espaço com computadores destinados ao livre acesso à internet com orientação de uma equipe de apoio aos usuários. Aluno do Ciep Dr. Nelson Hungria, Davi Manuel, de 9 anos, comemorou a oportunidade de ter acesso à tecnologia diariamente ao lado da sua escola.

– Quero aprender muitas coisas, robótica, mexer com tecnologia. Quero muito vir aqui todo dia para poder aprender mais.

Ambientes da Nave Satélite

A unidade conta com dois pavimentos e uma área total de 330 m².

Recepção – Com totem de autoatendimento para cadastro dos usuários na unidade.

Área de aprendizado – Mesa com capacidade para 11 alunos, com bancada para equipamentos e tela de projeção.

Lounge – Ambiente destinado à utilização de aparelhos pessoais e de leitura, com sofá e puffs.

Conforto Digital – Espaços individuais, compostos por cadeiras suspensas e tablets para navegação na internet.

Lantable – Mesa para utilização dos equipamentos de forma livre e revertida para sala de aula.

Área externa – Espaço com mesa e bancos. Na parte externa da unidade também será realizado o Cine Nave, com exibição de filmes relacionados à ciência, tecnologia e inovação.

Os ambientes da Nave Satélite são climatizados e com acessibilidade, inclusive com elevador de acesso ao segundo pavimento.

 

Nave Satélite de Paciência

Endereço: Ciep Dr. Nelson Hungria, Rua Antônio Joaquim Machado s/nº – Paciência.

Horário de funcionamento: de segunda a sexta, 8h às 17h, e sábado, 8h às 14h.

Fechada aos domingos e feriados.

 

O equipamento tem espaço com computadores destinados ao livre acesso à internet – Beth Santos/Prefeitura do Rio



Link Original