Últimas Notícias
São Gonçalo celebra a manifestação da fé


São Gonçalo celebra a manifestação da fé

Confecção dos tapetes de Corpus Christi, missa e procissão atraem multidão

A maior manifestação de fé da cidade de São Gonçalo, a celebração de Corpus Christi, atraiu cerca de cem mil fieis ao longo de toda esta quinta-feira (8), no Centro.  A confecção do maior tapete de sal da América Latina pela manhã, a celebração da Santa Missa à tarde e a tradicional procissão que terminou no início da noite, marcaram o feriado no município.

As Ruas Coronel Moreira César, Dr. Feliciano Sodré e Dr. Nilo Peçanha, logo nas primeira horas da manhã, receberam o colorido do tapete de sal, que ao longo de dois quilômetros, teve a exibição de 240 imagens religiosas feitas artesanalmente por fieis de 34 instituições entre paróquias e escolas da rede municipal de ensino.

A manhã também foi de shows, com louvores da banda Angelus no palco montado em frente à Igreja Matriz. Para fazer a alegria das crianças, a Caravana de Arte e Lazer, projeto da Fundaçao de Artes, Esporte e Lazer de São Gonçalo (Faelsg) levou brincadeiras, recreação e lanche para os pequenos, na Praça Dr. Luiz Palmier, no Centro,

Para o tapete de sal de 2023 foram utilizados mais de 50 toneladas de sal, além de borra de café, pedrarias, tintas, corantes e serragem.

O prefeito Capitão Nelson prestigiou o segundo ano de evento presencial em sua gestão e percorreu o tapete de sal, acompanhado pelo deputado federal Altineu Côrtes, pelo deputado estadual Douglas Ruas e pelo vereador Nelsinho. Durante a tarde, o prefeito, ao lado da primeira-dama Marinete Ruas, acompanhou a celebração da Santa Missa.

“O governo municipal estará sempre apoiando essa que é uma das principais festividades da Igreja Católica e que atrai tantos fiéis para o município de São Gonçalo por conta do tradicional e maior tapete de sal da América Latina. É uma festa linda e emocionante”, disse o prefeito.

Após a pandemia, a tradicional celebração de Corpus Christi passou a ser realizada, na atual gestão municipal, em novo horário, com a confecção dos tapetes pela manhã, missa à tarde e procissão no início da noite. A mudança, sugerida pelo Executivo, teve o objetivo de ampliar a exposição do tapete de sal, para que um número maior de moradores, em especial os que moram mais afastados do Centro, e visitantes pudessem participar da tradicional festa, com os shows e louvores também durante o dia. O resultado foi alcançado, permitiu a maior participação da população, com o aumento significativo do público, já que o evento teve o horário ampliado.

Para celebrar a Santa Missa deste Corpus Christi, Dom José Francisco Rezende Dias, Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Niterói, levou uma palavra especial de fé e esperança às milhares de pessoas que acompanharam a celebração.

Conhecida por ser uma festividade de fé e louvor, a celebração da Santa Missa de Corpus Christi em São Gonçalo foi iniciada com a canção “Alegria da minha juventude”, entoada com muita emoção pelos fiéis que lotaram as ruas do Centro.

“Manifesto o meu prazer em celebrar a Santa Missa. Rezo por todos que participaram desse momento tão especial. Nessa festa de Corpus Christi, Jesus bate mais uma vez na porta do nosso coração. Hoje pudemos nos reunir com fé e alegria para celebrar o corpo de Cristo“, destacou o arcebispo Dom José Francisco durante homilia.

A contadora Verônica Lins, de 38 anos, é moradora da Covanca e participa da confecção dos tapetes há mais de 15 anos. Ela acredita que a festividade tem o poder de unir as famílias.

“Participar da celebração do Corpus Christi é uma tradição na minha família. Minha mãe me levava para montar os tapetes e hoje em dia faço questão de trazer meus filhos de 9 e 7 anos para participar da celebração. É uma experiência enriquecedora porque confirma nossa fé em Cristo, une nossa família. E, assim como foi no ano passado, a organização está de parabéns! Tudo muito tranquilo e ordenado, perfeito para toda a família”, destacou a contadora.

A procissão, que teve início logo após a exposição do Santíssimo Sacramento no altar, foi marcada pela comoção e emoção dos presentes, em um reconhecimento público da figura de Jesus Cristo para a Igreja. Dom José esteve à frente da procissão e, enquanto passava, realizava pedidos de intercessão por familiares e enfermos e outras causas de todos que acompanhavam a celebração.

Durante todo o evento, equipes das secretarias de Transportes, da Guarda Municipal, Fiscalização de Posturas e de Conservação atuaram em toda a região central, orientando a população e realizando a limpeza das ruas tão logo a procissão teve início.





Link Original