Últimas Notícias
São Gonçalo comemora avanços na saúde bucal


São Gonçalo comemora avanços na saúde bucal

Atendimentos na rede municipal de odontologia têm aumento significativo

No Dia Mundial da Saúde Bucal, lembrado neste dia 20 de março, os gonçalenses têm muito o que comemorar. Desde o primeiro ano do governo do prefeito Capitão Nelson, os atendimentos da odontologia aumentaram, em média, mais de 20 mil por ano, segundo dados do Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (Sisab). No primeiro ano, em 2021, foram 42.151 atendimentos. Em 2022, 63.329. Em 2023, 84.007. E, só em janeiro deste ano, 6.748.  

     Para ofertar mais atendimentos aos gonçalenses, que vão de consultas e limpeza às cirurgias nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) de Neves, Barro Vermelho e Vila Três (anexo ao Centro de Imagens e Especialidades de São Gonçalo – Ciesg), foram realizadas várias estratégias. 

     “São mais equipes trabalhando, mais postos de saúde com consultórios odontológicos, mais adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE), mais ações sociais, implantação dos serviços de emergência e nos Centros de Tratamento Intensivo (CTI) dos hospitais municipais, além da capacitação dos profissionais. Pensamos em melhorar a saúde dos gonçalenses em todos os setores e não podíamos deixar de fora a saúde bucal”, disse o secretário de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo, Gleison Rocha. 

    A Subsecretaria de Odontologia, vinculada à Secretaria de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo, conta com atendimentos nos consultórios das Unidades de Saúde da Família (USFs) e está presente nas unidades de emergência nas Unidades Municipais de Pronto Atendimento (Umpas) de Nova Cidade, Pacheco, Santa Luzia e Pronto Socorro Central, no Zé Garoto, que atendem 24h por dia, todos os dias da semana.

      Ainda houve a implantação da Odontologia Hospitalar nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) do Pronto Socorro Central, no Zé Garoto, e do Hospital de Retaguarda Gonçalense, no Centro. Além disso, dois odontomóveis foram reformados e também estão em atendimento e os dois Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) de Neves e Barro Vermelho foram reestruturados. Em junho do ano passado, mais um CEO foi inaugurado no Ciesg, no Vila Três. E, só esta unidade, em nove meses, já realizou 19.540 atendimentos.  

     Nos odontomóveis, que passaram a realizar mais ações sociais principalmente em locais que ainda não são contemplados com a saúde bucal nos postos, os atendimentos passaram de uma média de 6 mil para 10 mil por ano. O PSE está em todas as escolas da rede municipal e contemplou 7.223 alunos em 2023 com atividades educativas de saúde bucal, exames clínicos, escovação supervisionada e aplicação de flúor.

     Para ter acesso aos serviços na rede básica de saúde (USFs), os gonçalenses podem procurar qualquer unidade que tenha o atendimento odontológico para realizar o agendamento. Nos postos, são realizados exame clínico, restaurações em resina, raspagem de tártaro, limpeza dos dentes, orientação de higiene, aplicação de flúor e pequenas cirurgias.

     Após a consulta no posto de saúde, o morador pode ser encaminhado para os CEOs, dependendo da necessidade de cada indivíduo. Nos CEOs são oferecidos os serviços de periodontia, cirurgia, endodontia, estomatologia e o atendimento de pacientes especiais.    

  “A saúde bucal é muito importante para a saúde como um todo do indivíduo. Costumamos dizer que a saúde começa pela boca. Com a saúde bucal em dia, podemos evitar a evolução de várias doenças no organismo”, disse o subsecretário de Odontologia, Dr. Paulo Alberto do Nascimento. 

    Regulação – Todas as consultas para as unidades de saúde da rede pública de São Gonçalo são marcadas através da Central de Regulação da Secretaria. Para a odontologia, os pacientes devem procurar os postos de saúde que têm este atendimento. As unidades inserem os pacientes no sistema da Central de Regulação, que vai entrar em contato – através do telefone – para avisar sobre a marcação do serviço, que será agendado em local que for mais próximo de sua residência. Por isso, é muito importante que os pacientes mantenham um telefone que funcione e esteja atualizado no cadastro. O contato e endereço do morador também podem ser atualizados em qualquer unidade de saúde.





Link Original