Últimas Notícias
São Gonçalo investe mais de R$ 38 milhões em obras de macrodrenagem


São Gonçalo investe mais de R$ 38 milhões em obras de macrodrenagem

Intervenções beneficiarão os bairros Mutuaguaçu, Mutuá e Porto do Rosa

A Prefeitura de São Gonçalo está investindo pesado em obras para combater os alagamentos crônicos na cidade. Depois de realizar macrodrenagem e drenagem em ruas do Colubandê, Vista Alegre e Boaçu, o município inicia, nesta terça-feira (30), um novo pacote de obras de infraestrutura, englobando micro e macrodrenagem, com um sistema de escoamento das águas da chuva, além de pavimentação, nos bairros Mutuaguaçu, Mutuá e Porto do Rosa.

O investimento total é de mais de R$ 38 milhões. Ao todo, a expectativa é de que as intervenções beneficiem mais de 10 mil gonçalenses, entre moradores e pessoas que circulam pela região. O pacote prevê serviços de infraestrutura, incluindo macro e microdrenagem de águas pluviais, pavimentação, meios-fios, passeios e sinalização viária horizontal e vertical em 14 ruas dos bairros Mutuá, Mutuaguaçu e Porto do Rosa, englobando mais de 3,8 quilômetros de extensão. O prazo de duração desta obra é de 12 meses.

A intervenção integra o eixo Cidade Bem Cuidada e Organizada do Plano Estratégico Novos Rumos, elaborado pela Secretaria de Gestão Integrada e Projetos Especiais (Semgipe), para definir as prioridades para a utilização dos recursos oriundos do leilão de concessão dos serviços da Cedae e de emendas parlamentares.

O prefeito Capitão Nelson esteve no local e relembrou à população que essas intervenções também são frutos de promessas feitas por ele ainda durante a sua campanha.

“Eu prometi e estou cumprindo. Ao todo, 14 ruas serão contempladas para beneficiar toda essa população e acabar com as inundações daqui. Aqui, prezamos pelo trabalho em primeiro lugar, dando mais dignidade e benefícios para os gonçalenses”, afirmou, ao lado do secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Junior Barboza.

Douglas Ruas, atual secretário de Estado das Cidades, também esteve na Rua Guimarães Passos, onde as intervenções estão sendo iniciadas. Ele ressaltou a importância do projeto.

“A cidade de São Gonçalo passa por uma verdadeira transformação. Mais uma obra se inicia, essa com recursos próprios da Prefeitura, mas temos outras com recursos do governo do Estado, com o apoio do governador Cláudio Castro. Aqui em São Gonçalo está claro e evidente que a união segue fazendo a diferença. Estamos em uma região onde os moradores sofrem constantemente com as chuvas. Com essa obra de macrodrenagem, vamos colocar um fim nesse problema, dando mais segurança e dignidade para a população”, afirmou.

Os logradouros que receberão as intervenções são Avenida Paula Lemos (parte), e ruas General Canrobert, Professor Altivo (parte), Padre Nicolau Luís, Libório Viana, Álvaro Costa, David Alves, Ismael Passos, Custódio Duarte, Capitão Crisanto Bastos, Ricardo Jorge, Guimarães Passos, Diogo Pereira e uma via sem nome.

As obras, no entanto, irão garantir melhorias na qualidade de vida, acessibilidade, condições de higiene e segurança para a toda a região, já que o pacote de macrodrenagem e drenagem irá garantir o escoamento das águas das chuvas dos três bairros.

A expectativa dos moradores dos bairros que serão impactos pelo projeto é alta. “Eu fico até emocionada. Eu já perdi móveis com as chuvas que aconteceram aqui, com os alagamentos. Desde que me conheço por gente aqui é assim e nunca fizeram nada por nós, só prometeram. É difícil porque tem gente que sai para trabalhar e não sabe como vai estar sua casa quando voltar com medo de que ela alague”, disse a moradora do Porto do Rosa, Luciene Cabral, de 44 anos.

Vale lembrar que está é a continuação de uma obra que estava abandonada há mais de 10 anos na região.

“Tem dias que a água chega a quase 2 metros de altura nos alagamentos aqui. Recentemente, eu comprei móveis para a minha casa por causa da chuva. É a terceira vez que isso acontece em pouco tempo. Esperamos que a situação melhore”, afirmou a diarista Sidnea Carvalho, de 49 anos, que mora no Porto do Rosa há 35 anos.

Recentemente, a Prefeitura concluiu as obras de macrodrenagem no bairro do Colubandê, com intervenções na via principal – José Mendonça de Campos – e vias do entorno, pondo fim a alagamentos crônicos na região. O Boaçu e Vista Alegre também receberam obras de drenagem de águas pluviais, numa ação que beneficiou quase 40 ruas dos dois bairros.

A Prefeitura de São Gonçalo, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, também já realizou obras de drenagem em cerca de 130 vias de 10 bairros desde o início da atual gestão. Ao longo dos últimos meses, bairros como Boaçu, Vista Alegre, Sacramento, Pacheco, Ipiíba, Santa Luzia, Marambaia, Colubandê, Guaxindiba e Monjolos receberam obras de infraestrutura que estão mudando a vida de gonçalenses e dando fim a problemas crônicos de alagamentos.





Link Original