Últimas Notícias
Secretaria de Ordem Pública vai legalizar 75 ambulantes na Uruguaiana – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro


A Guarda Municipal fará o patrulhamento para ordenar o local e fazer valer as regras estabelecidas para o comércio ambulante – Divulgação

A partir do dia 8 de abril, 75 ambulantes serão legalizados e autorizados pela Secretaria de Ordem Pública (Seop) a atuar de forma regular na região da Uruguaiana. Nesta data também será iniciada a ocupação, que será realizada pela Guarda Municipal, para ordenar o local e fazer valer as regras estabelecidas para o comércio ambulante e o uso de área pública.

Nas duas últimas semanas, em paralelo ao trabalho de intervenção urbanística, que foi capitaneado pela Subprefeitura do Centro para implementar algumas melhorias na região, a Coordenadoria de Controle Urbano, da Seop, realizou um mapeamento na região em que foram identificados 120 ambulantes em condições de serem regularizados. Nesta vistoria técnica feita em campo, foi elaborado projeto para assentamento de 75 ambulantes ao longo da Rua Uruguaiana, no trecho entre as Ruas Buenos Aires e Carioca, os quais receberão equipamentos da Prefeitura para trabalharem.

Nesta terça-feira (26/3), foi realizado um sorteio eletrônico que selecionou 75 ambulantes – dentre os 120 – aptos a serem regularizados por meio do assentamento, que será implementado no dia 8 de abril. Os 45 ambulantes que não foram contemplados no sorteio poderão se regularizar em outros pontos da cidade e também serão encaminhados para a Secretaria de Trabalho e Renda, que conta inclusive com uma equipe dedicada ao tema de proteção aos refugiados.

Por outro lado, o setor de inteligência da Seop detectou que outro grupo de ambulantes – que fica nas adjacências do camelódromo – abriga ilegalidades e crimes de receptação, especialmente de telefones celulares que são roubados e furtados na cidade.

– Após um mapeamento feito pela nossa equipe técnica identificamos 120 comerciantes ambulantes em condições de serem regularizados. E após um estudo de capacidade de alocação naquela região ficou definido a legalização e o assentamento de 75 ambulantes que trabalharão em um determinado trecho da Rua Uruguaiana. Lembrando que uma outra turma de ambulantes, que fica ali nas imediações do camelódromo, acaba servindo de longa manus de ilegalidades cometidas por alguns boxes dentro do camelódromo, servindo como um polo de receptação, especialmente de telefones e celulares que são roubados e furtados na cidade. Em um futuro próximo, a gente também realizará fiscalizações nos boxes do camelódromo e muito nos auxiliará nas investigações da Polícia Civil -destacou o secretário de Ordem Pública Brenno Carnevale.

Neste trecho das adjacências do camelódromo não será permitido nenhum comerciante ambulante no espaço público, e as equipes da Guarda Municipal e da Seop estarão a postos para garantir o cumprimento da lei e da ordem.

– Com essas intervenções, nós estamos reinserindo a Uruguaiana no mapa do Centro da cidade. O carioca pode esperar uma Uruguaiana requalificada do ponto de vista urbano e muito mais atraente para o trânsito de pedestres e de veículos. A regulamentação dos ambulantes vai permitir que as pessoas que trabalham no local de forma honesta tenham condições de se manter ali, recolhendo imposto e de forma muito mais organizada. O que a gente vai ter na região é o Ambulante em Harmonia, um programa muito bem sucedido da Seop, que já funciona muito bem em outras áreas do Rio. Com esse trabalho integrado, nós estamos explorando ao máximo o potencial comercial do espaço, entendendo também que é preciso haver ordem. Temos certeza que com essa nova perspectiva na Rua Uruguaiana, vamos conseguir retomar o controle do local e devolver para a população carioca um espaço requalificado – reforçou o subprefeito do Centro, Alberto Szafran.

Categoria:

  • 26 de março de 2024


  • Link Original