Últimas Notícias
São Gonçalo orienta população sobre diabetes


São Gonçalo orienta população sobre diabetes

Mais de 10 mil gonçalenses recebem insulina gratuitamente

Pacientes das unidades e academias de saúde municipais serão orientados – durante todo este mês de novembro – sobre a diabetes. A equipe do Programa Hipertensão e Diabetes (Hiperdia) da Secretaria de Saúde da Prefeitura de São Gonçalo vai realizar palestras para esclarecer sobre os riscos da doença e onde procurar ajuda na rede. 

Doença silenciosa que acomete mais de 40 mil pessoas em São Gonçalo, sendo 10,5 mil insulino-dependentes – a diabetes tem o seu Dia Mundial lembrado no próximo dia 14. O primeiro passo para descobrir se é diabético é procurar qualquer unidade da rede básica de saúde e marcar consulta com o clínico geral, que vai passar os exames necessários. Caso haja necessidade, o médico fará o encaminhamento para a especialidade competente. 

“As ações nos postos serão para mostrar à população como saber se está diabético e onde procurar ajuda – tanto para as consultas quanto para tratamentos e retirada de insulina. Também vamos salientar a importância do tratamento correto para evitar complicações”, explicou a coordenadora do Programa Hipertensão/Diabetes da Secretaria, Mara Cortazio. 

Atualmente, mais de 10 mil gonçalenses são cadastrados no Núcleo de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Saúde como insulino-dependentes e recebem insulina, aparelho e fitas de medição da glicose no sangue. Para ter acesso à insulina, o paciente precisa dar entrada em processo apresentando os seguintes documentos: identidade; cartão do SUS, CPF, comprovante de residência no nome do paciente (água, luz ou telefone dos últimos três meses) e receita médica com esquema de insulinoterapia (quantidade de doses diárias das insulinas) no núcleo. 

“Após o processo ser deferido, os pacientes têm acesso às insulinas NPH ou regular mensalmente. Além da insulina, os pacientes também podem retirar as fitas e aparelho de medição da glicose, tudo conforme prescrição médica”, explicou o coordenador do Núcleo de Assistência Farmacêutica, Dayllon Ruan Siqueira. O Núcleo fica na Travessa Jorge Soares, 157, Centro.

Dia Mundial    

O Dia Mundial do Diabetes foi escolhido para mostrar a importância da prevenção desta doença, que é crônica e que tem dois tipos: 1 e 2. A doença pode ser descoberta através do exame de sangue e os seus principais sinais são: fome frequente, sede constante, vontade de urinar diversas vezes ao dia, perda de peso, fraqueza, fadiga, mudanças de humor, náusea e vômito. No entanto, muitas pessoas não têm qualquer sintoma. Por isso, ela é silenciosa.  

Apesar da genética influenciar na incidência da doença, há fatores de risco que contribuem para o diabetes como: inatividade física, obesidade, tabagismo, dieta rica em alimentos processados e ultraprocessados e o estresse. O diabetes é causa também de doenças vasculares, cardíacas, infarto do miocárdio, AVC, assim como as complicações de neuropatias e retinopatias – doenças ligadas aos nervos e olhos.





Link Original